sexta-feira, 29 de julho de 2011

Reiki

Vivemos um momento de transformação! Nossa mãe Terra passa por violentas mudanças e junto com ela, toda a humanidade. Inicialmente, podemos pensar que são apenas catástrofes naturais, o planeta em convulsão e sua população sofrendo dramaticamente. Porém, algo maior está acontecendo! E não é "punição divina", pelo contrário, agora nos é oferecida a oportunidade de, juntos com a mãe Terra, ascender um pouco mais! Desejo a todos uma bela jornada, repleta de luz conscienciosa!
Reiki é uma técnica científica, baseada na física quântica, de equilíbrio energético, utilizando a impostação das mãos. É uma técnica que usa a simplicidade e o amor. O Reiki aproxima o indivíduo do seu corpo, da sua mente e da sua consciência. O Reiki só pode se manifestar através do Amor. A fé não afeta, não aumenta ou diminui o efeito benéfico da cura. Mas é importante que a pessoa queira se curar. O livre-arbítrio deve ser considerado acima de tudo. O próprio Cristo curou somente os que realmente o desejavam.
Quem recebe Reiki, com o tempo vão se notando profundas modificações no interior do corpo, e todos os órgãos internos e glândulas começam a funcionar com vigor e rítimos bem melhores. As toxinas acumuladas por tantos anos são eliminadas.
ORIGEM DO REIKI
Dr. Mikao Ussui
Dr. Chujiro Hayashi
Sra. Takata
Dr. Mikao Ussui foi quem nos trouxe esta técnica. Ele era estudioso de manuscritos antigos, e procurava entender as estórias de curas milagrosas, que lhe contavam. Em busca de uma resposta em como usar o Reiki, decidiu subir o Monte Kuriyama e passou 21 dias meditando em jejum. No último dia, Dr. Ussui obteve uma resposta através de uma luz divina. Após descer o Monte Kuriyama, ele passou pela periferia e lá curou muitas pessoas.
Ele passou os seus ensinamentos para o Dr. Chujiro Hayashi, um médico da Marinha Imperial, que depois montou uma clínica de Reiki em Tokyo para pessoas que necessitavam de cura.
Dr. Hayashi, dividiu em etapas os ensinamentos do Reiki que lhe foi passado, assim facilitando o ensinamento e o aprendizado. Foi em busca de uma cura para o câncer que a Sra. Hawayio Takata conheceu a clínica do Dr. Hayashi.
Antes do Dr. Hayashi morrer, ele passou os ensinamentos da técnica do Reiki para Sra. Takata, mais tarde formando se mestra da técnica Reiki.
A Sra. Takata abriu uma clínica de Reiki no Hawai onde formou 22 mestres.
O Reiki está mudando e se desenvolvendo a cada dia, desde o tempo de Mikao Ussui, Chujiro Hayashi e Hawayo Takata. As pessoas estão conhecendo e tendo mais acesso à essa técnica maravilhosa de cura pelas mãos. A origem do Reiki precisa ser honrada, e ao mesmo tempo respeitando as mudanças do mundo, das pessoas e do planeta Terra.
TERAPIA REIKI
É uma técnica milenar de cura pela imposição das mãos, simples, segura e eficaz. Há quem afirme que quando o corpo humano foi projetado, o REIKI foi incorporado ao código genético. É universal e jamais deveria ter sido esquecida.
Foi redescoberta em meados do século XIX por um pastor cristão, o Dr.Mikao Usui, que resolveu divulgar a técnica. Desconectada de qualquer religião, é imprescindível que o receptor queira curar-se.
O Reikiano é apenas um canal da energia Reiki e é o receptor que deve fazer uso da energia recebida para curar-se. Qualquer pessoa pode ser um Reikiano, bastando para isso amor fraternal, compaixão e disponibilidade para canalizar a energia.
Reiki é uma palavra japonesa que significa: Rei=universal e Ki=energia vital individual. O reiki é o processo de encontro dessas duas energias.
Quando fazemos uso da energia Reiki, estamos aplicando energia-luz, visando recuperar e manter a saúde física, emocional, mental e espiritual. É um método natural para equilibrar, restaurar e aperfeiçoar os corpos, criando para o SER um estado de harmonia, eliminando rápidamente as dores físicas.
Serve para auto tratamento, tratamento de outras pessoas, animais e plantas.
Para tornar-se um praticante Reiki nos níveis I, II e III é necessário além do conhecimento teórico e prático reber a Iniciação de um Mestre.
REIKI COMO CAMINHO
Falar sobre o Reiki é como falar do sagrado, na verdade é falar sobre o sagrado, porque ele trabalha com as dimensões mais sutis do ser humano, com aquilo que não é visto a olhos nus e propicia, o que aos olhos das pessoas comuns, pode ser chamado de um verdadeiro milagre.
Essa é uma das coisas que me fascina no Reiki, uma vez que sou psicóloga por formação, psicoterapeuta junguiana por especialização e mestranda em psicologia da saúde, ou seja, sempre direcionei meus estudos com vistas a compreender o que leva o ser humano ao desequilíbrio físico e emocional, com uma preocupação constante em auxiliar as pessoas a encontrar seu equilíbrio.
Acontece que, diante das queixas de meus pacientes, sentia faltar alguma coisa mais do que a cura física, psíquica e mental me perguntando o que seria. Há 6 anos ampliei minhas buscas na tentativa de incluir em meu trabalho também o equilíbrio espiritual e essas buscas me fizeram uma sacerdotisa wicca e posteriormente uma Máster Reiki.
Graças a tudo isso aliado às minhas experiências pessoais e clínicas, posso hoje afirmar a importância de se trabalhar o ser humano em sua totalidade holística, ou seja, físico, mental, emocional e espiritual.
Muito bem, e como trabalhar todos esses aspectos sem incorrer em falta ética com a medicina e as religiões?
A resposta para essa questão é o Reiki, porque ele consiste numa técnica que não conflita com a medicina nem com qualquer religião. É uma técnica oriental que consiste na captação e transmissão da energia vital universal pelas mãos sobre o corpo humano para re-equilibrar as energias internas e desmagnetizar todos os obstáculos (físicos, mentais, emocionais e espirituais), deixando o complexo corpo-mente livre para que se cure e se harmoniza totalmente, seguindo os padrão original, sadio e perfeito, com que foi criado.
Todos sabemos que o corpo vivo, do ser humano ou de um animal, irradia calor, mas junto com este calor ele também emite uma energia especial que traz, em si, o princípio de vida. Baseadas nesta premissa existem várias denominações para o ato de impor as mãos e transmitir esta energia: Cura Mana, para os Hunas da Polinésia; Orenda, para os índios americanos iroquês; Prana, para os indianos e Ch'i, para os chineses.
A diferença entre estes trabalhos e o Reiki, reside no fato de que a pessoa que está sintonizada como agente de cura Reiki, tem os canais de energia do seu corpo abertos e livres do bloqueio pela iniciação que recebeu em Reiki.
Com isso ela não só recebe um aumento de energia vital para sua própria cura, como também se liga à fonte de toda a energia universal. Durante o treinamento o aluno passa por iniciações e por um conjunto de instruções, conhecimentos, sinais e toques energéticos que d!ao a ele as condições necessárias e imprescindíveis para prosseguir seu caminho na senda da evolução e para auxiliar outras pessoas neste mesmo caminho.
Outra coisa que muito se afina comigo, nesta técnica, é a necessidade do agente de cura, usar de um recurso fantástico: O Amor Universal. Esse fator é imprescindível no tratamento da pessoa que busca auxilio e o terapeuta tem que estar bem conectado com as energias cósmicas para deixar fluir livremente esse amor.
É muito bom, ainda, ter condições para formar novos agentes de cura e prepara-los para se conectar com o Amor Universal e distribuí-lo, porque assim se forma uma grande constelação de pessoas "estrelas" que propagam amor ajudando a construir um mundo melhor e mais humano.

Reiki é uma forma de terapia de origem japonesa baseada na manipulação da energia vital (ki) através da imposição de mãos com o objetivo de reestabelecer o equilíbrio vital e, assim eliminar doenças e promover saúde. Apesar de relatos anedóticos, não é reconhecida pela medicina pela ausência de evidências científicas de sua eficácia.

Símbolo da Técnica Reiki

Geral

O reiki como conhecemos hoje, é uma terapia holística natural redescoberta por Mikao Usui, no início do século XX. Ela preconiza que, através da imposição de mãos do Terapeuta Reiki, irradiam-se as vibrações de harmonia da energia vital do Universo (Rei) para restabelecer o equilíbrio da energia vital (Ki) das zonas doentes do corpo de um paciente.
A experiência de iniciação e da prática de Reiki é diferente para cada um de nós, mas no geral permite-nos reflectir e iniciar um novo modo de vida:
- Ensina-nos que é no dar que se recebe.
- Ensina-nos que quando aplicamos energia ao outro, mais energia recebemos em troca.
- Ensina-nos que quando estamos em paz connosco próprios, mais abertos estaremos à paz exterior.
- Ensina-nos que se olharmos o mundo com os olhos de uma criança que o vai descobrindo em cada cor e em cada forma, mais próximos estaremos de um estado de comunhão com o nosso ser interior e com o Universo.

Teorias e práticas

Algumas escolas ensinam que o Reiki entra nos seu praticantes através do sétimo chakra (a Coroa), preenche o sistema energético sutil do praticante, e após ser transubstanciada no chakra Cardíaco, flui através das suas mãos para o corpo de quem recebe. Outras escolas ensinam que a energia entra através do primeiro chakra (raiz), preenche a aura, torna-se centrada no quarto chakra (coração) e flui através das mãos do praticante.
A maioria das escolas ensina que a energia Reiki é uma energia "inteligente", que "sabe o que fazer", ou "onde é precisa". Também afirmam que, por outro lado, se quem recebe não estiver aberto ao tratamento, a energia não terá efeito duradouro no organismo, persistindo a enfermidade.
Meridianos
O "tratamento" é tradicionalmente efetuado similarmente ao apoiar-se nas mãos. O praticante pede a quem recebe para se deitar e relaxar. Então, o praticante atua como um canal para a energia Reiki, teoricamente deixando a energia ser canalizada através das suas mãos até onde quem recebe mais precisa. Normalmente o praticantes aplica as suas mãos em vários locais do corpo de quem recebe Reiki. Alguns praticantes tocam no corpo ou mantêm as mãos próximas do local a ser tratado. Alguns pacientes relatam sentir várias sensações subjectivas e objectivas: calor, frio, pressão, sonolência, etc. Os praticantes de Reiki atribuem estas sensações à energia Reiki enchendo o corpo e a aura de quem a recebe e a reparar as suas deficiencias energéticas, reparando e abrindo os seus canais energéticos (meridianos), e removendo bloqueios. Outros pacientes relatam sentir muito pouca ou nenhuma alteração.

Os cinco princípios do Reiki

No dia de hoje, não me preocuparei. No dia de hoje, não me aborrecerei. No dia de hoje, agradecerei minhas várias bênçãos e honrarei meus pais, mestres e amigos. Ganharei meu pão diário honestamente. Demonstrarei gratidão e bondade para com tudo o que é vivo.

Reiki enquanto terapia

O Reiki é considerado complementar a qualquer tratamento convencional. Apenas influenciaria a forma como o corpo gera as suas próprias reservas de energia, ajudando-o a compensar-se e equilibrar-se. Hoje em dia o Reiki tem se difundido entre os diversos profissionais da área da saúde. Ao equilibrar-se, o corpo garantiria o processo da auto-cura mais efetivamente, prolongando assim a longevidade. Muitos atribuem a grande longevidade dos anciões da China e do Japão à manipulação do Chi, apesar desse fenômeno poder ser explicado por outros fatores genéticos e ambientais. Acredita-se que o reiki teria efeito mais profundo se o praticante emanar amor naquilo que faz. Defensores da prática defendem a disseminação do seu uso em instituições de saúde.

SISTEMA USUI - SHIKI RYOHO

O que é ?

Reiki significa energia de luz ou energia universal, a energia que faz parte de tudo no Universo.
Qualquer um pode usufruir desse tipo de cura holística, impor as mãos sobre si mesmo ou sobre outra pessoa é abrir o fluxo de energia Reíki, que flui pelo corpo do terapeuta ou agente de cura e passa para quem a recebe, seja pessoa, animal ou vegetal.

Como atua ?

Uma vez que a pessoa seja sintonizada por um Mestre de Reiki, fica apta a captar ou canalizar a Energia Vital para o seu próprio bem ou de outros seres, quer sejam pessoas animais piantas,etc.
A Mente, o Corpo e as Emoções da pessoa entram em sintonia com a energia do Reiki e abrem-se a uma cura completa e irreversível.

Como pode aprender ?

Através do ensino de um mestre de Reiki, devidamente credenciado, que num processo de iniciação prepara a pessoa para uma sintonia de cura com determinadas frequências de energia do Universo.

Quais as origens do Reiki ?

O Reiki, antigo sistema de cura baseado na imposição das mãos, tem a sua origem mais remota no budismo tibetano. A sua técnica foi redescoberta no século passado pelo Dr. Mikao Usui um médico japonês, Todavia o Reiki não é uma Religião.

Alguns benefícios do Reiki

Relaxamento profundo
Eliminação de bloqueios
Desintoxicação
Aumento da Frequência Vibratória
Equilíbrio do ser
Complementa tratamentos médicos
Ajuda a tratar depressões e angústias
Remove o stress
Nota: O Reiki faz parte das terapias reconhecidas pela OMS-Organiz. Mundial de Saúde

Quem pode aprender Reiki ?

As técnicas do Reiki são tão simples que até as crianças podem ser iniciadas.
Para aprender basta apenas ter o desejo de o fazer e praticar.
Cada nível é ministrado num curso de cerca de 8 a 10 Horas.

Níveis de Reiki

1º NÍVEL

As pessoas sintonizadas neste nível ficam capacitadas a canalizar a energia vital cósmica através das mãos, podendo aplicá-la a elas próprias a animais ou plantas.

2º NÍVEL

Nova sintonização energética,na frequência de três símbolos cósmicos que são sintonizados nas mãos do participante.
Utilização dos respectivos símbolos.
Ensino do envio de Reiki à distância.

3º NÍVEL

Nova iniciação, recebendo a aluno o símbolo do Reiki, o símbolo Usui de Mestre que proporciona uma expansão energética. Ensino de cirurgia psíquica.
Como fazer uma grelha de cristais para potenciação de objectivos.
Preparação para o Mestrado.

MESTRADO

Sintonização ao grau de Mestre Usui/Tibetano.
Ensino de técnicas de sintonização de cura. Símbolos tibetanos para cura.
Práticas diversas com vista a uma preparação séria e consciente de todos os que desejem ensinar e /ou aprofundar os conhecimentos do Reiki.
Nota: Em todos os níveis é entregue manual com as respectivas técnicas e correspondente diploma.

Princípios do Reiki

Hoje, sê grato por tudo o que recebes
Hoje, não te zangues nem critiques.
Hoje, não te preocupes.
Hoje, desempenha honestamente a tua função
Hoje, respeita o teu semelhante e tudo o que vive.

POSIÇÕES DE CURA

Posições das mãos

É recomendado, que ao se começar uma sessão de Reiki, a pessoa esteja se sentindo totalmente confortável, com roupas leves e de cores claras. Se preferir, faça alguns exercícios de respiração, yoga ou meditação antes de começar. A duração de cada sessão pode variar de uma hora para uma hora e meia, dependendo da situação.
As posições são feitas começando de cima para baixo, desde o chakra coronário até os pés. As mãos são posicionadas sobre o corpo da pessoa em forma de duas conchas. A energia do Reiki sai pelas mãos do praticante, que é absorvida pelo corpo da pessoa. Essa energia é passada para os chakras, abrindo, limpando e purificando de todas as obstruções do corpo, trazendo o equilíbrio de uma forma natural.
Veja abaixo as diferentes posiçoes de aplicação do Reiki.









Esta é a história de Mikao Usui, o criador do Reiki.
Mikao Usui viveu de 1865 até 1926. Era padre cristão em Kioto (Japão) e professor na Universidade local. Seus estudos se concentravam em descobrir como Jesus conseguia realizar seus milagres.
Ele sabia que era possível curar com as mãos através da força vital que as pessoas emanavam, mas desconhecia de que modo isso funcionava. Em vão foi à América, para a Universidade de Chicago, tentar desvendar o segredo das curas milagrosas de Cristo. Ali se tornou doutor em Teologia.
De volta ao Japão, e mais tarde na Índia, estudou sânscrito e as antigas escritas budistas, encontrando finalmente a chave da sabedoria antiga: uma fórmula em sânscrito baseada numa série de símbolos, os quais, acionados, ativam e captam a energia vital universal.
Passou então um longo tempo no Monte Kurama desenvolvendo a técnica do Reiki. Quando voltou, passou a se dedicar “a recuperação de mendigos nas ruas de Kioto, e aí, certamente, fez a sua descoberta mais importante.
Ele curava as doenças e uma vez recuperados, os mendigos eram estimulados a buscar trabalho para deixarem as ruas… Mas não era isso que vinha acontecendo.
Passado algum tempo, Mikao começou a encontrar rostos conhecidos em sua peregrinação pelas ruas. Eram os mendigos que ele havia tratado e que estavam de volta à antiga vida…
Perplexo, ele perguntou aos mendigos a razão daquela conduta e ouviu deles que preferiam mendigar porque era mais fácil… (ser infeliz é sempre mais fácil… Basta curvar um pouco as costas, tornar o olhar perdido e reclamar de tudo e de todos… Pronto! Está construído o cenário da infelicidade, onde a maioria habita).
Abalado, Mikao se questionava onde teria errado… Concluiu após uma demorada reflexão que curava as doenças daqueles mendigos, mas eles não estavam preparados para sentir o prazer de uma nova vida…
Percebeu então que a cura mais importante é a do espírito… Não é o corpo que adoece, é a alma… O corpo apenas reflete o que está acontecendo no íntimo do nosso ser.
Mikao descobriu que ainda não tinha ensinado para aqueles mendigos o verdadeiro caminho da transformação, que é buscar dentro de si mesmo a própria luz. Ainda não tinha ensinado a eles o dharma, a atitude correta, simplificada nos 5 princípios do Reiki:
1- Só por hoje não sinta raiva e nem fique zangado…
2 – Só por hoje abandone as preocupações…
3 – Só por hoje agradeça as bênçãos recebidas…
4 – Só por hoje faça seu trabalho honestamente…
5 – Só por hoje seja gentil com o próximo e com todos os seres vivos de todos os mundos… Só por hoje, a cada dia…
* * *
Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também pode crescer com os toques suaves na alma.
* * *