sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Pedraria - Bordado


Pedraria - Bordado

Bordado em Pedraria

O bordado em pedraria vem despertando muito interesse ultimamente, uma popularidade que não tinha desde o tempo dos encantadores vestidos das melindrosas dos anos 20. A técnica requer paciência: para começar, deve-se escolher um tecido liso, como o organdi ou o veludo, para dar mais destaque ao bordado em pedraria. Deve-se usar o bastidor comum ou o modelo de fixar na mesa para ter as duas mãos livres. As contas são presas com pequenos pontos, bem fechados. O risco deve ser bem vistoso, mas não deve ficar sobrecarregado de contas para que o bordado não fique pesado.  
O BASTIDOR: Consiste em dois aros que se encaixam um por dentro do outro, prendendo o tecido; puxa-se o tecido sobre o bastidor até que fique bem esticado. 
Bastidor e materiais para o bordado, contas comuns, miçangas e vidrilhos. Foto:Divulgação
 VOCÊ PODE USAR O BORDADO EM PEDRARIAS PARA: fazer pulseiras e outros adereços • bolsas • colares e gargantilhas • decoração de presentes.
Para o bordado em pedraria usam-se contas pequenas, como strass e canutilhos. Antes de começar, separe as contas em vários pratinhos, o que facilita o trabalho. Com prática, sendo necessário, pode-se passar várias contas de cada vez. As contas devem ser todas do mesmo tamanho para que o trabalho fique regular.
BORDADO COM CONTAS E CANUTILHOS 
 
1- Elabore o desenho que vai utilizar. Se precisar de um molde, recorte cuidadosamente um em cartolina branca. Com um lápis de cera branco trace o contorno do molde sobre o tecido 
2- Ponha na agulha a linha que vai ser usada. Comece com um nó e um ponto duplo. Apanhe a conta com a ponta da agulha e costure-a sobre o tecido com um ponto alinhavo. Cada ponto deve ser do tamanho da conta, ou um pouco maior. 
 3- Para o ponto seguinte, marque o espaço que quer deixar entre as contas e puxe a agulha de baixo para cima sobre o tecido. Borde as contas seguindo o risco e mantenha a linha sempre bem esticada e reta, para que as contas não se amontoem. 
  O ARREMATE DAS BORDAS
1- Aproximadamente a 1 cm da barra, borde uma fileira de contas seguindo as instruções do bordado com perolazinhas.
2- Bem ao lado, borde uma fileira de lantejoulas super-postas como mostramos acima.
3- Depois, borde duas fileiras de canutilhos: os da segunda fileira desencontrados em relação aos da primeira.

4- Para completar o arremate das bordas, borde outra fileira de contas. Dobre a barra do tecido para o avesso, de modo que as contas pareçam suspensas na borda da barra.
BORDADO COM LANTEJOULAS 

 1- Risque o desenho sobre o tecido. Ponha a linha na agulha e comece a carreira com um nó e um ponto duplo. Passe a agulha para o lado direito do tecido e pegue a primeira lantejoula. Se estiver trabalhando com lantejoulas côncavas, enfie a agulha pelo lado convexo. Para prendê-la no tecido, passe a agulha para o avesso do tecido, enfiando-a bem ao lado da lantejoula. 
2- Torne a puxar a agulha para o direito do tecido praticamente no mesmo lugar, pegue outra lantejoula e repita os passos da etapa anterior. Repita o processo com o resto das lantejoulas, acompanhando o risco do bordado. Você obterá o efeito de uma fileira regular de lantejoulas superpostas. 

PONTO ALINHAVO
É o ponto de bordado mais simples de todos. Faz-se um nó na ponta da linha e vai-se enfiando e puxando a agulha, do avesso para o direito do tecido, a distâncias regulares. 

 FERRAMENTAS:
LANTEJOULAS E CONTAS
As contas para bordado são feitas de plástico, com os mais diversos tipos de acabamento, formas e cores. As contas mais usadas são as pérolas de fantasia, as contas nacaradas e as coloridas. Para bordar à mão, pode-se comprar pérolas avulsas ou em fios. As contas são furadas no centro por onde passam a agulha e a linha. Há contas muito pequenas que exigem um tipo especial de agulha, encontrada nas boas lojas de armarinho.
 BORDADO DE LANTEJOULAS COM CONTAS
 1- Use a linha da cor adequada. Comece com um nó e um ponto duplo. Enfie a lantejoula na agulha, lado côncavo para cima e, em seguida, enfie uma conta. Deixe a lantejoula descer pelo fio até o tecido, mantendo a conta ligeiramente afastada. 
2- Enfie a agulha pelo furinho da lantejoula, passando a agulha para o avesso do tecido. Puxe bem a linha pelo avesso, de modo que a conta fique bem presa por cima da lantejoula. Para bordar a lantejoula seguinte, puxe a agulha para o lado direito do tecido, a uma distância igual à metade do diâmetro da lantejoula e repita a etapa 1. 
Fonte: http://www.euamobiscuit.com/